quinta-feira, 3 de maio de 2007

Antes do pôr-do-sol



Encontro-me na fase de preferir as comédias românticas. De preferência, as mais românticas que comédias. Assisti, por um mero acaso, um filme que nunca ouvira falar nem encontrara comentário em nenhuma revista: "Antes do pôr-so-sol" ( no original: "Before Sunset"). A-m-e-i-! Uma história simples, mas bem contada.

Vamos ao resumo da ópera? Lá vai: Um escritor está lançando seu livro em Paris e nesse livro em questão, ele narra uma história de amor... sem final definitivo. Os jornalistas que o entrevistam, obviamente, sobre a história do livro e fazem perguntas se aquilo ocorrera de fato com ele, ou seja, ele encontrara uma moça francesa num trem e passara uma noite com ela e se eles se apaixonaram perdidamente um pelo outro? À medida que as perguntas são feitas, flash-backes (é assim mesmo que se escreve? nunca sei como pluralizar direito esses barbarismos) vêm à mente dele... com cenas da tal garota. Quase ao fim da entrevista, a mesma garota das lembranças dele, só que um pouco mais velha, adentra a livraria e acena discretamente para ele. Ele a vê, acena de volta e se despede de todos. Tem que pegar um avião de volta aos Estados Unidos. Só que antes, ele pretende fazer um passeio pelas proximidades de Paris com a tal garota. E, sinceramente, vocês não vão querer que eu conte o resto e estrague um bom filme, não é??

Assistam! Vale a pena o aluguel na locadora. Detalhe interessante: nenhum beijo, nenhuma cena de sexo. A conversa dos dois é o que importa realmente. E não é assim na vida real? Não nos apaixonamos pelos bate-papos que trocamos com o outro? O beijo ? bom, sim! Mas como pode um relacionamento durar mais de cinco meses só com beijos e algo mais? A troca de idéias é valorizada e embora eles mal se toquem, há intensa sensualidade implícita no ar.

Se puderem, assistam sem grandes expectativas. Apenas curtam. E, por favor, postem alguma coisa, algum comentário, OK? dizendo se já assistiram, se gostaram ou se odiaram e porquê...
Uma das "verdades" do filme poderia ser essa: filmes sem grandes bilheterias nem grandes produções também podem ser bons. Ou: Conversar sempre vale a pena.

@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--

Julie Delpy - A Waltz For A Night
Julie Delpy
Let me sing you a waltz
Out of nowhere, out of my thoughts
Let me sing you a waltz
About this one night stand

You were for me that night
Everything I always dreamt of in life
But now you're gone
You are far gone
All the way to your island of rain

It was for you just a one night thing
But you were much more to me
Just so you know

I hear rumors about you
About all the bad things you do
But when we were together alone
You didn't seem like a player at all

I don't care what they say
I know what you meant for me that day
I just wanted another try
I just wanted another night
Even if it doesn't seem quite right
You meant for me much more
Than anyone I've met before

One single night with you little Jesse
Is worth a thousand with anybody

I have no bitterness, my sweet
I'll never forget this one night thing
Even tomorrow, another arms
My heart will stay yours until I die

Let me sing you a waltz
Out of nowhere, out of my blues
Let me sing you a waltz


About this lovely one night stand 

@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--

Julie Delpy - A Waltz For A Night (tradução)
Julie Delpy
Deixe-me cantar uma valsa para você
Vinda de lugar algum, vinda dos meus pensamentos
Deixe-me cantar uma valsa para você
Sobre essa única noite

Você foi para mim, aquela noite
Tudo aquilo que eu sonhei na vida
Mas agora você se foi, você se foi para longe
No caminho para sua ilha de chuva

Foi para você apenas coisa de uma noite
Mas você foi muito mais para mim
Apenas para você saber

Eu ouvi rumores sobre você
Sobre todas as coisas ruins que você faz
Mas quando nós estivemos juntos a sós
Você não pareceu um jogador

Eu não ligo para o que eles dizem
Eu sei o que você significou para mim aquele dia
Eu apenas queria outra tentativa
Eu apenas queria outra noite
Mesmo que isso não pareça nada correto
Você significou para mim muito mais
Do que qualquer outro que eu encontrei antes

Apenas uma única noite com você, pequeno Jesse
Vale milhares com qualquer outro

Eu não tenho amargura, meu querido
Eu nunca vou esquecer essa coisa de uma noite
Mesmo amanhã, em outros braços
Meu coração será seu até eu morrer

Deixe-me cantar uma valsa para você
Vinda de lugar algum, vinda dos meus pensamentos
Deixe-me cantar uma valsa para você
Sobre essa lindo amor de uma noite só

Fonte: www.vagalume.com.br
@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--@>--,-- @>--,--

Caso você queira confirmar cenas do filme, pode encontrar algumas no youtube. Basta digitar em search - "Before Sunset":

Trailer do filme> Caso você queira ter certeza que pretende assistir a esse filme, tente ver o trailer antes:
http://www.youtube.com/watch?v=XvFosXeqmDg&mode=related&search=

"Qual o seu próximo livro?" > Com legenda em espanhol, Ethan Hawke faz uma menção à questão literária. Como o filme trabalhou muito o improviso, não é difícil que o ator esteja falando de si mesmo e não seja a personagem. Confira!
http://www.youtube.com/watch?v=ezLOQUnAxyI

No café > os dois saem, quase às escondidas da livraria e vão a uma cafeteria. Os dois ainda estão se tateando... mas.... (legendas em algo incompreensível para mim)
http://www.youtube.com/watch?v=OTpxKdbgbis&mode=related&search=

"The Best part of Before Sunset" > nos extras, a produtora comenta que a cena rodada dentro do carro é a mais longa, tem 8 minutos. Além da interpretação uníssona de ambos, o diálogo deles, ali, aproximados à força pelo espaço exíguo, torna-se mais e mais verdadeiro, vão caindo as "máscaras". Muito bom!:
http://www.youtube.com/watch?v=9jxtiRjNc1o&mode=related&search=

"Waltz for a night" > Julie Delpy, cantora e atriz francesa, interpreta a canção cuja letra e tradução se encontram acima. A simplicidade e a clareza da voz dela são adequadíssimas ao momento do filme. Encantadoramente revelador. No youtube, sem legendas:
http://www.youtube.com/watch?v=7PCyNMrhxG4&mode=related&search=

Bom, há vários outros. Basta acessá-los. Como diriam os americanos: Enjoy it!

Nenhum comentário: