domingo, 28 de junho de 2009

Amor, incompreensível amor



Careca,
desdentado,
balbuciante,
não conseguia andar
não conseguia falar
parecia não entender nada.

Mas ela era apaixonada
- completa e totalmente
pelo seu rebento chorão.

Tetê Macambira



Nenhum comentário: